13 de mai de 2011

Nessa tarde eu quero...


A leveza de um sorriso
A me encantar
A pureza de um olhar
A me observar
À tarde
Nem fria e nem calorenta
A me saciar
Uma amizade a me contemplar
Palavras que me fazem levitar
Quero a tarde calma
Como o sol e a lua ao se encontrar
Para noite eu poder me acalmar
Olhar e ver que mais um dia de vida
Esta para nascer
E assim agradecer
 Poder ter a certeza
Que eu nasci pra vencer
E a vida a viver
Como uma criança
A brincar de pega-pega
É assim que eu quero ser
Nessa roda gigante
Eu quero apenas viver
Obrigado vida
por mais uma etapa
A ser concluída.

Autoria: **Val**

Nenhum comentário:

Postar um comentário