6 de set de 2011

A consistência do silêncio...


anula o risco da palavra.
Algumas coisas não precisam ser ditas
para serem entendidas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário